Explosão Cultural, adoramos imitar

Crítica ao péssimo hábito brasileiro "Complexo de vira lata" Leia Mais

Frases de artistas

Frases. Marcam um artista, mostram a personalidade, definem quem que ele é. Quando envolve artistas, então, mostram o que se deve pensar de cada um dos artistas. Leia Mais

Track By Track Review: Chico Buarque

Admito que esse disco não foi descoberto tão cedo por mim como os outros. Mas é um disco brilhante. Algumas músicas desse disco, inclusive, foram proibidas na ditadura (“Cálice”, “Apesar de Você”, “O Meu Amor”), mas, com um ligeiro afrouxamento na rigidez da regime militar, as músicas foram lançadas nesse disco, de 1978. Leia Mais

Review: Idiot Wind

“Idiot Wind” é um gigante escondido. Rica em metáforas e sentimentos, mostra uma melodia meio medíocre, mas que encaixa perfeitamente com a ideia que ela quer passar pela letra. Uma música agressiva e amorosa, uma declaração de ódio e amor, uma poesia incrível. Dylan nunca costumou fazer coisas simples. Acho que aqui não seria diferente. Leia Mais

Musicais

Sou meio que obrigado a escutar musicais, volta e meia. Meio que. Mas enfim, aqui vão algumas críticas de musicais. Leia Mais

domingo, 29 de setembro de 2013

Track By Track Review: Highway 61 Revisited

   Danem-se haters, eu vou falar do meu artista preferido de novo. Não consigo ficar sem falar. E dessa vez, ele vai ser estreado nos Track By Track Reviews. Eu gosto de escrever sobre o velho.
   O letrista mais influente do século XX e XXI, Bob Dylan, lançou em 1965 o álbum que mudaria o curso da música popular para sempre, e esse álbum seria Highway 61 Revisited.

domingo, 8 de setembro de 2013

Capas de Discos 1: Positivo

   Capas de disco são a primeira coisa que te influenciam ao encontrar um disco. Elas podem ser boas, ruins, marcantes, desinteressantes.
   Eu gosto demais de tentar descobrir histórias de capas de disco, ou inspirações pra elas. E aqui eu selecionei algumas das que mais gosto.


sábado, 3 de agosto de 2013

Track By Track Review: III Sides To Every Story

                Depois de um longo tempo sem um review de discos, venho com uma sugestão de um amigo, B. N., porque eu estava com a fonte de ideias seca, e parecia que não iria voltar a nascer ideias.
                Eu não conhecia a banda, não sou muito fã do estilo, e me surpreendi, porque o disco, apesar de não se mostrar grande coisa em uma parte do disco, gostei.
                O estilo é algo meio rock sinfônico e hard rock, e a parte sinfônica é muito interessante, e foi a minha preferida do disco, ainda que tenha músicas de hard rock interessantes, como a primeira, a nona, mas o destaque mesmo são as três últimas, que se mostraram as três faixas que, para mim, foram a marca do disco.
                Devo começar dizendo a história é dividida em três partes. Yours, Mine e The Truth (sua, minha e a verdade, em português). Sim, você e eu somos mentirosos.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Recomendações #4: Covers

   Covers são interessantes: quando você encontra uma música de um artista que você gosta cantada por outro artista, pode abrir mais uma porta para conhecer novos artistas. Nem sempre são bons, claro (em geral, eu não costumo gostar de covers), mas dá para se apreciar versões "alternativas" de músicas já conhecidas.

quinta-feira, 23 de maio de 2013